Cirurgia Refrativa Oftalmolosita Porto Alegre

O que é degeneração macular relacionada à idade (DMRI)?

A degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI) é uma doença degenerativa que afeta a mácula. Essa é a parte central da retina responsável pela nitidez da visão. Em geral, a doença começa a apresentar os sintomas a partir dos 60 anos de idade.

O déficit da visão é bilateral, porém, a perda pode ser assimétrica, com apenas um dos olhos sendo o mais afetado. Os pacientes apresentam dificuldades em executar atividades comuns, situação que se agrava no decorrer do tempo. Dependendo do tipo de DMRI, podem ocorrer perdas graves e agudas da visão.

Em geral, a Degeneração Macular Relacionada à Idade pode provocar:

  • Perda progressiva da visão;
  • Turvação e distorções visuais na visão central;
  • Visão alterada com linhas onduladas;
  • Diminuição na intensidade ou brilho das cores;
  • Confusão em reconhecer rostos.

Tipos de degeneração macular relacionada à idade (DMRI)

DMRI seca

A degeneração do tipo seca é a forma mais comum . Ela é provocada pelo envelhecimento e desgaste natural dos tecidos da mácula.

Uma característica desse tipo é a acumulação de proteínas e gorduras nas células sob a retina. Conhecida como drusas, a origem dessas acumulações são desconhecidas, mas podem interferir no funcionamento da mácula, provocando degeneração das células fotorreceptoras.

Normalmente, a DMRI seca não provoca a perda total da visão central, porém, o uso da visão focalizada torna-se mais difícil. A perda da visão central pode também atrapalhar atividades comuns, como ver rostos, ler, escrever, cozinhar, etc.

É importante monitorar a visão central com regularidade, pois esse tipo pode progredir para a forma mais agressiva da doença.

DMRI úmida

A Degeneração Macular Relacionada à Idade úmida ou exsudativa é menos comum. Nesse caso, ocorre a neovascularização, em que os vasos sanguíneos crescem sob a retina, distorcendo a visão central. Esses novos vasos podem apresentar vazamento de líquido ou sangue e causar perda da visão central.

A perda da visão provocada por esse tipo é rápida e mais perceptível. Além disso, ela pode ser bilateral, ao contrário do que ocorre no tipo seco.

Causas da DMRI

As causas ainda não são conhecidas. Porém, alguns fatores de risco aumentam a chance de desenvolver a doença. Entre eles estão:

  • Idade;
  • Genética;
  • Exposição à luz solar;
  • Hipertensão;
  • Obesidade;
  • Dieta pobre em fibras e verduras e rica em gorduras;
  • Tabagismo.

A DMRI não tem cura, porém, o tratamento pode minimizar a progressão da doença ou recuperar a visão perdida.

Os sintomas podem ser relevados por achar que a perda gradativa da visão é uma coisa normal da idade, porém, toda a perda de visão deve ser considerada e examinada. O monitoramento dos pacientes deve ser frequente, pois trata-se de uma doença crônica.

A degeneração macular relacionada à idade impacta fortemente na qualidade de vida dos pacientes. A doença deve ser diagnosticada e tratada o quanto antes para que não haja o avanço dos sintomas.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oftalmologista em Porto Alegre!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp