Cirurgia Refrativa Oftalmolosita Porto Alegre

Como prevenir a catarata?

O cristalino tem uma importante função no corpo humano: ele é uma lente que se localiza atrás da íris. Quando perde a sua transparência, os raios de luz não são capazes de atravessar e alcançar a retina para a formação da imagem. E é justamente essa opacidade que é chamada de catarata.

A catarata pode acometer apenas um olho ou ambos. No entanto, a unilateralidade ocorre se ela for secundária a uma doença ocular ou a um trauma sofrido no órgão. Além disso, ela é assimétrica, ou seja, sua evolução tende a ser diferente em cada olho. Isso acontece porque, além de sua evolução ser lenta, a doença costuma afetar primeiro um dos olhos para, depois, surgir no outro.

Essa lesão ocular é a principal causa de cegueira reversível no mundo, sendo responsável por 50% dos casos, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). Será que é possível prevenir a catarata? Descubra neste artigo.

Tipos de catarata

Envelhecimento

Grande parte dos casos de catarata, 85% são considerados senis, umas vez que costumam aparecer em pessoas com mais de 50 anos de idade.

Congênita

Esta lesão ocular pode também acometer bebês. Dentre as causas dessa patologia em crianças estão a hereditariedade e infecções intrauterinas, como rubéola, sífilis ou toxoplasmose.

Secundária

Outra série de fatores também podem provocar o surgimento da catarata, dentre os quais estão o uso indevido de colírios, inflamações intraoculares, traumas na região dos olhos, excesso de radiação e problemas endócrinos, como a diabetes.

Sintomas e sinais da catarata

  • Visão nebulosa;
  • Enxergar brilhos e halos;
  • Visão dupla;
  • Dificuldade para ler, dirigir e andar;
  • Sensibilidade à luz.

Como tratar a doença?

O tratamento efetivo para a catarata é o cirúrgico, sendo que o uso de óculos auxilia apenas nos estágios iniciais da doença. Como a catarata retira a transparência do cristalino, o objetivo da cirurgia é substituir o cristalino opaco por uma lente artificial. A cirurgia é rápida e simples, com curta duração. Com o avanço da Medicina e o uso de modernos aparelhos, o procedimento pode ser concluído entre 15 e 30 minutos.

Como prevenir a catarata?

Ter bons hábitos é a melhor forma de prevenir o surgimento da catarata, assim como evitar os fatores de risco. Por isso:

  • Tenha uma boa alimentação. Uma dieta nutritiva, composta por legumes e frutas e vitaminas C e E pode reduzir em até 40% o risco de catarata, segundo estudo americano publicado na revista científica The American Journal of Clinical Nutrition. Outra pesquisa, também publicada nesse periódico, mostrou que a redução do consumo de carne pode prevenir a catarata;
  • Não fume;
  • Se for consumir álcool, que seja com moderação;
  • Faça consultas periódicas com o médico oftalmologista;
  • Proteja os olhos dos raios ultravioletas com lentes de proteção adequadas;
  • Controle a saúde para evitar o surgimento de diabetes e outros problemas endócrinos;
  • Evite o uso constante e sem recomendação médica de colírios corticoides.

De maneira geral, a catarata é uma patologia comum e simples de ser tratada. No entanto, sua forma congênita é a mais grave, provocando cegueira em crianças, que não são diagnosticadas a tempo. O tratamento cirúrgico é simples e rápido, com pós-operatório considerado tranquilo.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como oftalmologista em Porto Alegre!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp